Emerson Indicando Livros Escritos por Autores Não Brancos

16 de dezembro de 2021

E aí nerds, belezinha com vocês?!

Estou invadindo um pouquinho hoje aqui este espaço a convite da Lily para fazer indicações muito especiais. Para quem não me conhece, meu nome é Emerson e sou produtor de conteúdo lá no instagram, através do @umnerdleitor, perfil sobre literatura representativa e cultura nerd, onde falo especialmente sobre fantasias, hqs e mangás! E hoje vim aqui deixar algumas sugestões de livros fantásticos escrito por autores não brancos para você conhecer em 2022. Que tal começar janeiro já com alguns desejados novos?


O primeiro talvez não seja uma grande surpresa para quem já me conhece ou me acompanha, mas é uma saga que guardo no coração; o bebê que eu carreguei no colo desde que saiu aqui no Brasil pela primeira e desde então indico sempre que posso. Uma história sobre coragem e perseverança; sobre resistência e empatia. A trajetória de uma garota que vê sua família brutalmente tomada de sua vida e agora para salvar seu irmão precisa juntar-se a resistência se quiser salvá-lo com vida. Uma Chama Entre as Cinzas é uma tetralogia escrita pela autora paquistanesa Sabaa Tahir e teve seu último volume publicado aqui esse ano, conquistando muita gente que se aventurou por essas páginas. É uma leitura envolvente, emocionante e cheia de ação, perfeita para quem gosta de fantasias com personagens bem construídos e cheios de camadas.

O segundo livro é uma fantasia juvenil / sobrenatural, perfeito para quem está com saudade do clima de Instrumentos Mortais ou dos velhos romances com vampiros, demônios e anjos. Lendários da norte-americana Tracy Deonn narra a trajetória de Bree, uma jovem que após perder sua mãe acaba descobrindo um mundo mágico extremamente perigoso que parece liga-la a uma sociedade secreta que descende de nada menos nada mais do que a própria Távola Redonda do Rei Arthur. Agora, em busca de saber mais sobre seu passado e investigar as causas da morte de sua mãe, ela mergulhará entre intrigas e mistérios. É um livro muito tocante, porque aborda o luto de uma maneira espetacular, mas também apresenta diversas reviravoltas, enquanto a autora brinca com os muitos clichês que já conhecemos no gênero. Lendários foi uma das melhores descobertas que fiz em 2021 e eu me envolvi do começo ao fim com a jornada da protagonista e com seu amadurecimento. Inclusive o segundo livro está cotado para ser lançado na metade do ano que vem e já digo seguramente que é o que mais estou ansioso.

O terceiro e último volume é uma fantasia mais adulta e tem uma pegada mais policial/investigativa. Na verdade é uma história sobre o desenvolvimento dos personagens com elementos mágicos, mas trata sobre a cultura do lugar e constrói seus protagonistas como nenhum outro livro. A Noite do Tigre foi um dos primeiros lançamentos da Darkside Books e é escrito por Yangsze Choo, autora Malaio que também assina o best-seller A Noiva Fantasma. Na trama a gente vai acompanhar dois jovens. Por um lado o pequeno órfão Ren, que presenciou a morte de seu velho mestre, confidenciando-lhe um pedido: encontrar o dedo que perdeu em um acidente anos atrás, para que seja enterrado junto com o corpo. De acordo uma crença folclórica, Ren tem 49 dias para restituir o dedo à sepultura, caso contrário, a alma de seu mestre ficará condenada a vagar entre dois mundos, sem descanso por toda a eternidade. Enquanto isso, a jovem Ji Lin é uma moça talentosa e inteligente, que sempre se destacou nos estudos. Mas a vida não oferece muitas oportunidades de independência para as mulheres na Malaia dos anos 1930. Quando ela se vê obrigada a abandonar seu sonho de cursar uma universidade, não sobram muitas alternativas para seu futuro além de ser aprendiz em um ateliê de costura. No entanto, ao descobrir que a mãe esconde dívidas do padrasto, temendo sua fúria explosiva, Ji Lin arruma um emprego extra como dançarina em um salão para ajudá-la a quitar as parcelas restantes em segredo. Isso leva ao momento em que um dos seus clientes deixa cair um dedo amputado do bolso. A partir daí os caminhos de Ren e Ji Lin estarão interligados. Essa é uma história muito mais adulta e os elementos fantásticos regem um pedaço da trama, mas não são o foco, então acho que é uma excelente pedida para quem não é muito habituado ao gênero ou não gosto da pegada mais teen das anteriores. A problemáticas tratadas pela autora são maravilhosas e o desenvolvimento dos personagens também. É uma narrativa mais lenta, não tem grandes reviravoltas, mas não menos envolvente e conversa muito sobre as dificuldades e a posição das mulheres orientais durante a tomada da europeia nos territórios asiáticos. Mas também levanta questões como violência doméstica ou trabalho infantil, por isso, leia com cuidado, valendo ressaltar que também tem um foco bem considerável no romance e o casal principal é muito fofo.

Tendo feito as indicações, agora me digam ai nos comentários: ficaram interessados? Já conheciam?

Read More

Vídeo: Livros Que Ficaram para 2022

15 de dezembro de 2021


Hey Leitores, turubon? 
Me contem, conseguiram ler os livros que estavam na metas de leituras ou teve algum que acabou ficando para 2022? Pois, os livros que escolhi ler nas minhas metas acabaram ficando para 2022 e socorro.. estou já imaginando meu sofrimento ano que vem!

Read More

Convidada: Kamilla e seus Favoritos

9 de dezembro de 2021

Olá apreciadores! Como estão? 
Estou invadindo o blog da Lily hoje \o/ Recebi o convite da maravilhosa e minha inspiração: dona Lidiane. Desde já te agradeço amiga, pelo convite e por dar esse gatilho de escrever pro blog!
Read More

Vídeo: Livros Que Tenho em Español

8 de dezembro de 2021



Hey Leitores, turubon? 
Como vão as leituras de vocês nesse fim de ano? Boa? Espero que sim em!
Uma pergunta, vocês lerem livros em outro idioma? Pois eu sim, gosto bastante ler em español até porque é meu segundo idioma que aprendi na vida tanto a escrita e na fala.. Pois, resolvi compartilhar com vocês alguns livros que tenho em español na minha estante!



Read More

Vídeo: Recebidos Pagos

5 de dezembro de 2021


Hey Leitores, turubon?
Como foi a black friday de vocês? A minha, vamos dizer que eu exagerei um tiquinho.. 😁😁😁 Mas a culpa não foi minha, foi da Amazon e Submarino que resolveram fazer alguns precinhos legais nos livros, juro que a culpa são deles. 😅😅
Read More

Guayrá, Jorge Marques Dias

30 de novembro de 2021

Hey Leitores, turubon? Quanto tempo não é mesmo!! Final de novembro, socorro deus, como o ano ta acabando tão rápido assim, alguém socorre eu aqui com minhas pilhas de livros não lidos e não consegui ler....

Chega pertinho aqui de mim e me conte qual o livro que você tem que ler antes do ano acaba? Bom já eu, minha lista infinitas de livros não lidos.. 😅😅 Agora vamos falar da leitura que terminei recentemente, uma leitura nacional que traz como fundo o território brasileiro.


 No fundo todos os relacionamentos humanos têm uma dose de hipocrisia.


Nessa trama vamos acompanhar Nuno, um jovem que vive em Portugal junto com sua família. Nuno estar passando por problemas, seu relacionamento com Maria Rita não deu certo, está passando por incertezas e dúvidas sobre o que fazer com sua vida. E nisso ele resolve participar de um sorteio, algo que irá dar a ele uma chance de voltar a sua terra natal, o Guayrá, local que ele mal conhece.


 "O mundo de hoje também acaba afastando as pessoas das outras. A amizade nasce e sobrevive quando as pessoas têm algo em comum. Quando esse elo se rompe tudo vai definhando. Nesse momento eu e você somos amigos, temos algo em comum, quando não tivermos mais esse elo tudo acabará."


O Guayrá é uma antiga província espanhola extinta que ficava localizada onde hoje é o estado do Paraná. Nuno nasceu e passou uma boa parte da sua infância no Guayrá, na cidade de Los Horizontes especificamente, e que agora tem a oportunidade de voltar à cidade e reviver as suas lembranças de infância. Mas ao chegar na cidade acabar por se envolver em situações que serão difíceis de resolver e nisso sua estadia em Los Horizontes começar a ficar longa demais.

 

Guayrá é um livro que vai mostrar como seria essa província extinta se ela tivesse se tornado um país no decorrer do tempo, algo que também vai trazer na narrativa alguns momentos históricos. A narrativa é muito boa e com situações de mistério inserido na trama acaba fazendo você se prender na história por querer saber de fato o que vai acontecer no final.

 

O livro tem em torno de 600 poucas páginas e logo de início me senti um pouco intimidada, mas logo acabei me acostumando, porém senti a leitura se arrastar porque são capítulos longos e isso acabou fazendo eu ficar cansada, mas que no final da leitura valeu super a pena.


É um livro que indico bastante para quem gostar de livros com narrações históricas e lembrando que ao pesquisar na Amazon presta atenção ao autor porque há um livro com o mesmo titulo. 


Livro concedido pelo autor

Read More

Morte na Mesopotâmia, Agatha Christie

14 de novembro de 2021

Hey, Leitores! Turubon? Quanto tempo né, parece que foi anos luz que não apareço por aqui.. peço desculpa pelo sumiço, mas estou voltando de pouquinho a pouquinho. Então, já se preparar porque vem muito conteúdo por ai! 
Read More