9 de julho de 2018

Extraordinário

Olá Queridos Leitores!
Antes de começa, pergunto a vocês leitores escolheria estar certo ou apenas ser gentil? Eu, com certeza escolheria ser gentil porque a gentileza sempre irá gerar gentileza não importar no que seja, em uma ação ou em uma atitude nobre. Esse livro me ensinou muita coisa ao decorrer de toda a leitura e acho que quem leu ele também aprendeu algo dele. Então confira a resenha!

Resultado de imagem para extraordinario livro
August Pullman, o Auggie, nasceu com uma síndrome genética cuja sequela e uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações medicas. Por isso, ele nunca havia frequentado uma escola de verdade... ate agora. Todo mundo sabe que e difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tao diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular de Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele e um menino igual a todos os outros.  

Não Julgue
Um livro Menino
Pela Capa Cara 

Extraordinário, narrado em primeira pessoa conhecemos a história de August Pullman ou se preferir Auggie, um garotinho de dez anos que nasceu com uma síndrome genética que geriu uma sequela severa de deformidade em seu rosto que foi imposto a fazer várias cirurgias medica. Apesar de ele não parece um garoto comum, ele praticamente faz coisas comum, como jogar videogame, andar de bicicleta, jogar bola, tomar soverte e isso para ele é comum, mas mesmo assim sabe que não é, e por causa de sua doença que ele nunca frequentou uma escola de verdade.
"A unica razão de eu não ser comum é que ninguém além de mim me enxerga dessa forma."

Todo mundo sabe como é a sensação de chegar em uma escola nova? Amigos novos? Professores novos e muito mais, um ambiente diferente de onde está bastante acostumado estar, então Auggie esse ano vai frequenta o ensino fundamental em sua primeira escola de Nova York, para ele é uma missão não tal fácil porque terá que mostra para todas aquelas crianças que ele também é um garoto normal como qualquer outro apesar de sua aparência.

"Estava procurando um espacinho onde eu pudesse desaparecer. Queria poder cair em um buraco: um pequeno buraco negro que me engolisse."


Não só é narrado por Auggie, também conhecemos um pouco Via sua querida irmã. Via uma adolescente que está enfrentando seu primeiro dia de aula no Ensino Médio, vemos a suas expectativas em uma nova escola e também sua relação com seu irmão, Auggie. Há vários personagens que também temos uma ótima perspectivas como Summer, Jack Will, Miranda e Justin. Cada um ganha seu espacinho para podemos conhecer mais.

Eu, quando comprei o livro foi por ter lido varias resenhas e nunca pensei que ele me traria tantas emoções ao lê-lo. Auggie me encantou com seu jeitinho de ser, com sua maturidade de aceita a situação que estar e bem compreensível. Em varias situações que ele sofreu bullying soube leva isso em um humor muito fofo e engraçado. Eu aproveitei essa leitura de muitas maneiras possível, acho que não sei como explicar a sensação ou o sentimento que senti. A autora soube escrever a história com tanta delicadeza, com tanto amor que me deixou muito apaixonada por ela.
Auggie ganhou um cantinho especial na minha estante e no meu coração, o livro teve um final maravilhosos que me emocionou muito, e claro Auggie por ser um garotinho de dez anos soube contagia todos ao seu redor com sua maneira de ser forte de enfrenta os problemas.

Vamos para por aqui né, porque se não eu não paro mais, kkkkk..No decorrer do livro vemos vários preceitos que o professor de Auggie traz cada mês para seus alunos e eu quero saber o preceito de vocês leitores, aquela frase que tanto marcaram vocês, que te faz mais forte cada dia, pode ser de livro, autor, escrito ou que seja, mas adoraria saber. Aqui deixo a vocês a frase que mais me marcou a minha vida, espero que goste e claro, não deixe de conferir esse livro maravilhoso, irá amar tanto quanto eu.

 "Alguns infinitos são maiores que outros." - A Culpa é das Estrelas (Lily Viana)

"Toda Pessoa deveria ser aplaudida de pé pelo menos uma vez na vida, porque todos nós vencemos o mundo." - Auggie
 

2 comentários

  1. Oi Lily, tudo bem com você?
    Sou completamente apaixonada por esse livro, pela forma como o protagonista foi composto e todo o enredo.
    Parabéns pela resenha!
    Bjkas

    http://www.acordeicomvontadedeler.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi Lily!! Tudo bem?
    Eu sou do time das pessoas que são apaixonadas por essa história. Extraordinário é um daqueles livros que despertam tantos sentimentos positivos no leitor, sendo o principal, o da empatia.
    Adorei sua resenha.
    Beijos
    http://pausaparapitacos.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Layout Free - Design e Desenvolvimento por: Adorável Design