27 de outubro de 2020

Entre Estantes, Olívia Pilar

 Olá Leitores, tutubom com vocês?

Como vão as leituras de vocês nessa reta final de ano? As minhas irão se estender até ano que vem mesmo. Tá difícil! 😂😂😂

A resenha de hoje é de um livrinho super curtinho, mas através das páginas irá se encantar.

E quem poderia imaginar que esse mundo se mostraria justamente em uma biblioteca?


Em nesse pequeno livro vamos conhecer a Isabel. Ela estar cursando a faculdade de comunicação, ao invés da medicina o que seus pais tanto queriam, porém Isabel quer mostra a seus pais e a si mesma que fez a escolha certa.


 "Era como se aquele fosse o seu lugar, entre as estantes, no meio de um corredor comprido e repleto de livros."


Ao terminar a aula em plena sexta-feira, Isabel resolve ir à biblioteca para encontrar os livros que possa ajuda-la na matéria da faculdade. Mas como sempre, o destino sempre vem com suas surpresas. Isabel que estava no corredor dos livros, percebe-se que não estar sozinha e que no meio dessas estantes aprenderá mais sobre si mesma.

 

"Mas lembre-se que você pode estar deixando escapar uma chance."


Entre Estantes é um conto super curtinho, você ler dentro de uma ou duas horas.  A trama é bastante fluida e rápida, quanto mais ler mais você quer. A autora nos apresenta um livro com representatividade e LGBT+, ou seja, temos uma personagem negra e que é bissexual. Gente, eu amei demais esse conto principalmente por ver representatividade nele, apesar que a comunidade tanto LGBT+ e pessoas Negras procuraram livros que trazem personagens que eles possam se identificar.

 


A Isabel é uma personagem maravilhosa. Ela sente medo, não confia muito em si mesma de que é capaz de conseguir e luta pelo que quer. Isabel sofre aquela questão de deslocamento em um lugar novo, quem nunca se sentiu tão fora de lugar quando foi para faculdade?! Eu todo dia sentia isso!

Eu super indico esse livro, leia porque é uma história maravilhosa!


12 comentários

  1. Lily!
    Tão bom ver um conto que traz a representatividade negra e LGBT+, a comun idade carece de livvros com que possam se identificar.
    Fiquei imaginando a personalidade forte que a protagonista tem.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  2. Ahhh!
    Que amor!
    Nada melhor que um conto fofo e representativo para sair da ressaca literária

    ResponderExcluir
  3. Oi, Lily!

    Não conhecia a autora ou o livro, mas pela sua resenha, é possível perceber que a personagem e também a história é muito próximo da gente, né? Parece uma história leve e real, que a gente se identifica, porque são situações que podem acontecer no nosso cotidiano. Também achei bem legal a questão da representatividade, que nem sempre é presente em todas as histórias que lemos.
    Enfim, uma boa dica e espero que consiga chegar nas suas metas de leitura ainda esse ano. rs

    ResponderExcluir
  4. Eu amo contos! Admito que ainda não conhecia esse livrinho,mas já fiquei curiosa pelas descobertas de Isabel e do quanto isso abrirá seus olhos!!!
    Obrigada pela dica!!!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
  5. Eu não vou nem comentar NADA sobre leituras atrasadas pra não passar vergonha, sinceramente. rs
    O que mais me chamou a atenção nesse conto foi a representatividade, amiga! Infelizmente a gente ainda tem que lidar com muito preconceito, e acredito que os livros ajudam nessa missão! Gostei bastante!

    Beijo!
    https://www.roendolivros.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi, Lily!
    Livros que trás representatividade deveria existir aos montes, não é mesmo?!
    Eu confesso que não costumo ler livros com representatividade, e não conhecia o conto Entre Estantes mas se a oportunidade surgir arriscarei a leitura sim, quem sabe eu acabe gostando de conhecer a história da Isabel?!... Bjos, valeu pela dica!

    ResponderExcluir
  7. Que leitura agradável! Acho que precisamos mesmo de livros assim, na verdade, não deveria haver nenhum tipo de restrição aos livros né? Ser um conto e tão rapidinho é uma ótima proposta para a gente que quer conhecer algo rápido, sair de uma ressaca e até para os que ainda não fizeram nenhuma leitura.

    ResponderExcluir
  8. Oi, Lily
    Não conhecia o conto, gostei da capa.
    Acompanha a vida de uma jovem com seus dilemas, o peso de escolher o curso que quer na faculdade e não o que os pais quer. E representatividade, estou curiosa para ler.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Não sou muito fã de contos, mas são bons para passar o tempo com a leitura, fora que esse parece ser bem fofo! Como leitora, me identifiquei um pouco hahah.
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi, Lily!

    Como eu adoro contos e histórias com representatividade, fiquei empolgada para ler esse livro.

    Beijocas.
    https://artesaliteraria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Olá! É tão bom quando a gente encontra essas histórias maravilhosas que mesmo com poucas páginas conseguem transmitir um monte de mensagens, reflexões e aprendizados.

    ResponderExcluir
  12. Oi, Lily
    Li ele logo que foi lançado e gostei demais também.
    Achei as protagonistas muito fofas e gostei muito da representatividade também.
    A escrita da Olívia é maravilhosa.
    bjs

    ResponderExcluir

Layout Free - Design e Desenvolvimento por: Adorável Design