Filme: Continência ao Amor

30 de agosto de 2022


Hey leitores, turubon?
Quem adora um bom romance clichê? Eu sou apaixonada por esse tipo de gênero, tanto nos livros e nos filmes e é obvio que venho falar dele, do aclamado por muitos que assistiram ultimamente e que saiu panfletando por todas as redes.

 Eu não sabia que você era algo de que eu poderia precisar.

Cassie Salazar é uma jovem musicista que trabalha em um bar durante a noite e que também tem sua própria banda que as vezes faz algum show no bar na qual ela trabalha. É sua maneira de tentar manter ter pelo menos uma vida e conseguir pagar as suas contas até porque nos últimos meses Cassie descobriu que tem diabetes e que precisa de insulina, porém esses medicamentos são muitos caros.

 

Por outro lado, temos Luke Morrow que acabou se alistando ao exercito e se tonando um fuzileiro naval ao lado dos seus amigos. Luke estar passando por alguns problemas com relação a uma divida muito grande por algo errado que fez e que de alguma maneira precisa pagar. Ele e seus amigos vão ao bar onde Cassie trabalhar para comemora a viagem do exercito e nisso Luke e Cassie acaba tendo um encontro meio inusitado.

 


Cassie começa a passar por problemas apertados, pois não tem como pagar pela medicação e Luke precisa urgentemente pagar a sua divida e nisso que ambos entram em um casamento arranjado para que ambos sejam beneficiados com os direitos que o exército dá a eles.
 

Continência do Amor é um romance super clichê, daqueles que qualquer apaixonando por esse gênero irá amar e se apaixonar, além disso o filme traz aquele hate to lovers que a gente ama. Cassie e Luke são totalmente opostos e com pensamentos totalmente diferentes, mas que querendo ou não eles acabam ali se completando um do outro.

 

Vou dizer que é um filme fofo, clichê como qualquer outro romance. Eu sei que muitos colocaram o filme como o melhor romance da vida. Eu basicamente queria mais de hate to lovers, queria mais desenvolvimento no romance entre os personagens e é obvio a parte do romance deles, irem direto pra cama logo na primeira cena, sei lá, foi rápido demais pro meu gosto.

 

Os atores são incríveis. Amei demais a Sofia Carson com aquele seu talento, a voz, foi a perfeição e é claro amei muito as musicas do filme. E pra quem não sabe o filme foi uma adaptação do livro Purple Hearts da autora Tess Wakefield e que estar sendo publicado aqui no brasil pela editora Intrínseca com lançamento para novembro.

  Classificação indicativa. +14







7 comentários

  1. Lily!
    Assisti no final de semana e gostei muito.
    Também achei rápido demais, porém nos EUA é assim, beijou, cama...kkkk
    Ainda assim, vale a pena assistir.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  2. Eu como fã de clichês amo tanto em filmes quanto em livros.
    Também curti muito Continência tenho uma ou outra ressalva, especialmente em relação a escolha da tradução do nome do filme....
    E já adicionei o livro na wishlist

    ResponderExcluir
  3. Às vezes é bom um bom livro ou filme de romance clichê pra dar uma aliviada em toda tensão de outras obras mais pesadas. Gosto muito quando tem bastante trilha sonora para embalar as cenas e deixar fluir o melhor de nós. Dica anotada!

    ResponderExcluir
  4. Oi, Lily!
    Eu amo um romance clichê, ainda mais quando tem casamento de conveniência!
    Minha irmã tem diabetes e toma insulina, é fornecida pelo governo, mas infelizmente tem atrasos as vezes e o jeito é comprar :( É uma situação bem difícil, mas pelo menos o governo fornece, né?!...
    Pretendo assistir Continência do Amor com certeza, mas só depois que ler o livro. Contando os dias para finalmente conhecer a história de Cassie e Luke!
    Bjos!

    ResponderExcluir
  5. Ainda não vi e to procurando ler bem pouco sobre, pra ir sem expectativa. To curiosa que vão lançar o livro aqui tb, entao pra quem ama ler de onde veio a historia, como nós, é uma otima noticia, mas acho que vou ver ainda assim primeiro a adaptaçao, espero gostar e qdo tiver em maos o livro aproveitar tb.

    ResponderExcluir
  6. Sou totalmente contra os hypes, só se for algo que eu já goste e por isso aguardo como foi Bridgerton. Então até hoje ainda não assisti esse filme, quem sabe um dia.

    ResponderExcluir
  7. Quero assistir o filme porque gosto de filmes de romances Alias sempre estou assistindo esse tipo de filme que foram lançados há muito tempo e que não pude assistir Ai vou poder ver se há exagero ou se o filme é ótimo como dizem.

    ResponderExcluir