14 de agosto de 2018

Chama Negra, Serie Os Imortais #4

Olá Meus queridos Leitores!

Faz tempinho que não faço umas resenhas por aqui né...Pois é, mas irei dando uma ativa a isso aqui. Hoje trago a vocês a resenha de Chama Negra, dando continuidade a serie Os Imortais, para quem não leu livro anteriores, isso pode haver spoiler..
Resultado de imagem para chama negra
Enquanto tenta ajudar Haven na transição para a vida imortal e libertar Damen do feitiço que não a permite tocar nele, Ever se aprofunda mais e mais nos mistérios da magia negra. O feitiço, porém, vira contra a feiticeira, e ela se vê presa a seu maior inimigo: Roman. A força estranha e poderosa que toma conta de seu corpo impede que Ever consiga parar de pensar nele e de desejá-lo. Ela quer resistir à atração incontrolável que a está consumindo. Ele quer se aproveitar desse momento de fraqueza. A ponto de se render, Ever procura a ajuda de Jude, arriscando tudo e todos para salvar a própria vida e seu futuro com Damen.



Em Chama Negra, como sempre continua onde parou o livro anterior, com a decisão difícil de deixa a sua melhor amiga morre ou torna-la imortal. Depois de sua decisão trazendo sua amiga a vida dos imortais ela se ver na obrigação de ajuda-la nessa nova jornada e além disso procura uma cura para o feitiço que impede de que ela e Damen se toque.

 "Acredite em mim, você não pode participar do jogo se não souber as regras. E, se não souber as regras, alguém pode se machucar." 

O livro trouxe algo mais maduro para a protagonista, Ever está, mas decidida sobre o que realmente quer, e sempre pensando antes de agir, porém, todavia, entretanto, dela podemos espera quaisquer coisas, já que com ela nada são flores né. Ainda Ever continua com suas paranoias e um tanto irracional.

No livro anterior, Ever está envolto na magia que ela fez se amarrando a Roman, já aqui ela procura tenta desfazer do feitiço de todas as maneiras até a procura ajudar a Jude e principalmente a Ava que estava sumida. Em plena metade do livro cremos que Ever chegar a solucionar todo o problema, colocando tudo em seu devido lugar, porém nem a deusa está do lado dela. Ava retorna, para surpresa de todos, trazendo uma solução de como Ever pode resolve o que está passando. E como fica certo que é tudo picuinha da cabeça de Ever.

"Significa que o que está dentro de nós também pode ser encontrado fora de nós. Que nosso estado interior de consciência, os pensamentos nos quais focamos sempre se refletem em nossa vida exterior. Não há escapatória, Ever, é assim"

A solução é tão simples que tiveram que complica tudo. Trazendo uma boa expectativa sobre a protagonista, pensando que ela agora colocaria os pés no chão e que agora a serie andará de vez. Quando chegamos no finalzinho do livro passamos a entender o porque o vilão ser como é e acabamos por entender e até criamos uma boa simpatia por ele.
Com o final do livro ficamos com a expectativa muito curiosa sobre o que passará no próximo volume, ainda mais um mal-entendido de uns dos garotos apaixonando por ela e acaba com tudo que Ever vem lutando para conseguir e por enquanto ela vai aceitando o que tem né. Mas enfim, o final deixou curiosidade para próxima leitura que venha uma historia melhor né, já que a protagonista sempre sair com varias burradas. Nesse volume ela soube fazer decisões certas e foi um milagre. De todos os livros esse foi o melhorzinho, ainda não crio expectativas, podemos espera qualquer coisa. Para quem gosta de livros assim, com uma mistura de sobrenatural, gostará dessa série.

  

Um comentário

  1. Oi Lily, tudo bem com você?
    Li essa série tem um bom tempo, e lembro que achei desnecessário existir tantos livros, quando a história em si poderia ter sido condensada em dois, talvez três livros.
    Bjkas

    http://www.acordeicomvontadedeler.com/

    ResponderExcluir

Layout Free - Design e Desenvolvimento por: Adorável Design