25 de julho de 2019

Alice no País das Maravilhas


Olá Meus Queridos Leitores!
Tudo bem com vocês?!
Hoje trago a vocês uma resenha pequena e com uma aventura maravilhosa e curiosa.
Me acompanhe!


Conta a história de Alice, menina que cai numa toca de coelho e vai parar num lugar fantástico, povoado por criaturas estranhas que lembram seres humanos. Um universo nonsense, com uma lógica do absurdo, que remete ao mundo dos sonhos, numa narrativa pontuada por paródias de poemas populares infantis ingleses daquela época. Nesse lugar, Alice enfrenta estranhas e absurdas aventuras, passa por situações incomuns, conhece seres extravagantes, é submetida a perguntas e situações enigmáticas ou desprovidas de sentido lógico, aumenta e diminui de tamanho... e vive tudo com naturalidade e muita, muita curiosidade.

Todos já devem ter ouvido essa história ou até mesmo lido ela. Ou quem sabe visto os filmes que foram adaptados de várias maneiras. Alice no País das Maravilhas é a história da pequena Alice que estava muito entediada ao lado de sua irmã que estava lendo um livro, nesse meio termo ela vê um coelho que estar reclamado das horas enquanto vai direção a uma toca. Ela por estranhar um coelho falando, vai atrás dele e entrar na toca mas acaba perdendo ele de vista e assim começa sua aventura em um mundo desconhecido.

"- Queria não ter chorado tanto! - exclamou Alice enquanto nadava pela poça, tentando encontrar uma saída. - Agora serei castigada por isso, imagino, me afogando nas próprias lágrimas! Isso vai ser uma coisa muito estranha, com certeza! No entanto, tudo está sendo esquisito hoje."


Em um ambiente diferente, onde animais fala. Alice aproveitar toda essa situação para fazer uma bela expedição do lugar, principalmente passar por situações bem inusitadas como crescer e diminuir. Ela se adapta muito bem a toda essa situação e deixa a sua curiosidade fluir, fazendo com que ela vá fazendo perguntas que nós não faríamos nessa situação.
Alice vai se aventurando no País das Maravilhas onde se depara conversando com uma lagarta, vendo um bebê se transformando em um porco, é claro, tomando chá com um chapeleiro maluco ou até mesmo vendo um gato com um sorriso enorme e que desaparece.

"- Você poderia me dizer, por favor, que direção devo seguir a partir daqui?- Depende muito de onde você quer chegar - respondeu o Gato.- Não me importa muito.. - afirmou Alice.- Então, tampouco importa qual caminho você pegue - retrucou o Gato.- ...desde que eu chegue em algum lugar - acrescentou Alice, se explicando.- Ah, mas você com certeza vai chegar algum lugar se caminhar por tempo o bastante."

É para deixar bem mais estranho, a garotinha Alice é convidada pela rainha e o rei de copas para jogar croquet. O jogo e totalmente diferente pelo conhecimento da garotinha, onde são usados animais como tacos e bolas. A Rainha não aceita que seja contrariada e ficar punido todos com um “Cortem a Cabeça”. Alice não sabem como voltará para casa, mas se entregar nesse mundo das maravilhas.

É um livro bastante curtinho que você pode ler em um dia, já eu demorei dois. Mas é uma história muito conhecida por muitos leitores. Aqui vai retratar uma aventura da pequena Alice e que você acaba embarcando junto com ela e fazendo perguntas a si mesma. Um livrinho curtinho que vale muito a pena ler.

4 comentários

  1. Olá! ♡ Gosto muito do universo fantástico que Lewis Carroll criou em Alice no País das Maravilhas!
    Li o livro faz uns 8 anos, mas ainda me lembro de como gostei dessa leitura. Li o livro bem rapidinho, a escrita do autor é fluída e a medida que Alice vai conhecendo o País das Maravilhas a história vai ficando cada vez mais cativante.
    Gostei das adaptações, mas nada melhor que o livro né?! ♡
    Com certeza é um livro que vale muito a pena ler!
    Beijos! ♡

    ResponderExcluir
  2. Oiii ❤ Eu simplesmente adoro a história de Alice no País das Maravilhas, tanto a do livro como a do filme, que apesar de terem suas diferenças entre si, são bons igualmente.
    Já li esse livro faz uns bons anos, mas lembro ainda hoje de ter ficado fascinada com a escrita do Lewis Carrol, com seus personagens, com a trama fantasiosa tão bem elaborada e criativa.
    Gosto da construção dos personagens, são tão diferentes em personalidades. Meu favorito é o Chapeleiro Maluco, tem como não gostar dele?!
    Um dia desses quero ler esse livro novamente, pra ficar fascinada novamente com essa trama tão incrível.
    Beijos ❤

    ResponderExcluir
  3. Alice no País das Maravilhas é um clássico e, vergonhosamente, ainda não li esse livro e nem Alice Através do Espelho. Claro que conheço bem a história toda através dos filmes e animções. Acho que todo mundo conhece, né? Mas preciso ler esse livro. Até tenho aqui, só preciso mesmo ler e conhecer melhor todas as aventuras dessa garotinha.

    ResponderExcluir
  4. Eu adoro os filmes da Alice e já assisti inúmeras vezes, mas depois da minha decepção com Alice através do espelho perdi totalmente a vontade de ler esse, rsrsrs
    Pela sua resenha deu pra ver que é muito mal, melhor que os filmes, mas tô com aquela cisma ainda kkk
    Bjs
    elvisgatao.blogspot.com

    ResponderExcluir

Layout Free - Design e Desenvolvimento por: Adorável Design