5 de setembro de 2018

Jogador Nº1

Olá queridos leitores!
Quem realmente ama os filmes feitos por Steven Spielberg?! Pois, eu amo, adoro e sou muito apaixonada. Fui ao cinema para conferir o filme jogador número 1, para saber o que achei, só espiar a resenha!

Imagem relacionada
Num futuro distópico, em 2044, Wade Watts (Tye Sheridan), como o resto da humanidade, prefere a realidade virtual do jogo OASIS ao mundo real. Quando o criador do jogo, o excêntrico James Halliday (Mark Rylance) morre, os jogadores devem descobrir a chave de um quebra-cabeça diabólico para conquistar sua fortuna inestimável. Para vencer, porém, Watts terá de abandonar a existência virtual e ceder a uma vida de amor e realidade da qual sempre tentou fugir.



Baseado no livro que obtém o mesmo título do autor Ernest Cline, apesar de não ter lido, estou desejando muito. Ambientando no futuro no ano de 2045, em um mundo onde as pessoas preferem vive em um joga virtual já que não tem a capacidade de encara a vida real que vive. Temos o protagonista Wade, que está tentando vencer o desafio que o falecido criador de OASIS, um mundo onde todos vive virtualmente, onde terá que conseguir ser dono do jogo para a fim de ficar rico. Wade por ser fã de James Halliday, vai seguindo as pistas do desafio através do passado do criador do jogo e consegue a primeira das três chaves dos três desafios, fazendo com que o mundo e a empresa Sorrento fique de olho nele.

Resultado de imagem para jogador n1 filme

Sorrento é um vilão bastante medíocre, onde utilizar todo seu poder para conseguir o que quer, já que não obtém uma boa inteligência. Ele tem uma equipe bem capacitada para tenta vencer o desafio a todo custo e poder comanda o OASIS, porém ele não consegue subordina e nem eliminar Wade e seus amigos. Temos Art3mis, uma garota da moto que Wade conhecer e fica fascinado, também tem Aech que é o seu melhor amigo e ainda temos Daito e Sho, que são todos amigos dele e avatares, até que com passa do filme iremos conhecer a identidade de cada um.
Já o romance entre Wade e Art3mis acontece rapidamente, uma química que você ver claramente. Os avatares são bem carismáticos e a garota é bem esperta que por sinal acabar por descobri o mistério da segundo chave e assim ajudando o grupo de amigos.

Resultado de imagem para jogador n1 filme

É bem incrível ver que há traços de Steven Spielberg trama. Apesar da história ser relacionando ao um futuro bem distante e com misturada de clássico, moderno e uma vida bem devastada. Em algum momento da trama a vida real do protagonista passa ser bem mais interessante que no próprio jogo, mesmo que ela se cruzar inevitavelmente.
O filme traz referência de várias outras histórias como Jurássic Park, Godzilla, de volta pro futuro e o que não poderia falta o filme O Iluminado do querido Stephen King, Akira, mortal Kombat, Mário kart e entre outros. A trama é basicamente uma cultura do mundo nerd, com aquela intenção de deixar o espectador bem preso na trama.

O jogador N•1 é um filme com vilões bem rasos e com o protagonista sendo avatar é bem mais carismático e emotivo do que na vida real, apesar que é bem previsível em algumas situações. O filme tem um cenário maravilhoso, onde muitos adoraria poder estar e as trilhas sonoras são bem escolhida para longa e que deixa você bem intrigada com ela. Uma aventura bem nerd para poder se aventura.



2 comentários

  1. Lily!
    Não sou muito ligada em jogos de games, porém amo Spilberg e ficção, achei o enredo bem interessante, vou ver se assisto.
    Espero que tenha um ótimo feriado e bom final de semana!
    “Só são verdadeiramente felizes aqueles que procuram ser úteis aos outros.” (Albert Schweitzer)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA SETEMBRO - 5 GANHADORES - BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  2. Oi Lily, tudo bem?
    Ainda não assisti ao filme, mas gostei imensamente do livro.
    Bjkas

    http://www.acordeicomvontadedeler.com/

    ResponderExcluir

Layout Free - Design e Desenvolvimento por: Adorável Design