O Conde Enfeitiçado, Julia Quinn - Os Bridgertons

23 de julho de 2022

Hey Leitores, turubon? 
Quanto tempo que não vemos uma resenha por aqui né.. Pois é, tenho alguns livros para resenha que acabo tão perdida da vida, mas é sobre isso!
Como vocês bem sabe (eu acho que sabe) que estou focando muito em pelo menos finalizar algumas séries esse ano (pelo menos tentar né vida) e recentemente finalizei o 6 livro da série Os Bridgertons.

Em toda vida ocorre um momento decisivo. 


Nesse volume vamos acompanhar a Francesca Bridgertons que é a filha bem distante de todos os irmãos Bridgertons. Ela se casou com John Stirling e foi viver a sua vida de casada em um lugar distante da família até porque Francesca não é uma pessoa tão presente no ciclo familiar.

Francesca vive uma vida de casada, tem um marido atencioso e é amiga próxima do primo do seu marido, Michael Stirling. Michael sempre foi o maior libertino e nunca negou isso, porém ele tem um segredo guardado a sete chaves, no momento em que conheceu Francesca se apaixonou perdidamente, porém ela se casou com seu primo, Jonh que ele considera como um irmão e desde então manteve esse sentimento guardado por anos.


Havia poucas coisas no mundo das quais gostasse mais do que provocar Michael Stirling, e momentos como aquele eram deliciosos demais para serem ignorados. 


Tudo muda na vida de Francesca quando seu marido Jonh que estava com uma dor de cabeça forte e foi se deitar e não voltou acordar. O seu mundo se desmoronou naquele instante. E Michael que nunca desejou nada de título, pois se tornou o sucessor de conde que antes era de seu primo. Ele não queria nada do seu primo, apenas que ele voltasse a vida e Francesa perdida no próprio sofrimento só queria um apoio do seu amigo. Michael que não conseguia lidar com tudo isso, fugiu para Índia deixando a família para trás.
 
Havia um limite de vezes em que o coração de um homem podia se partir e Michael tinha a sensação de que o dele não sobreviveria a mais uma desilusão.

Quatro anos se passaram, Francesa passou por um luto e por um aborto espontâneo que nos decorrer dos anos fez com que desejasse ser mãe e nisso resolveu voltar a Londres para tentar se casar de novo e tentar construir uma família. Por outro lado, Michael que estava na índia resolveu juntas suas coisas e voltar para Londres com a cara e a coragem e reencontrar a sua família. O que ambos não esperavam eram dar de cara um com o outro em Londres.

 


O Conde Enfeitiçado é o sexto volume da serie Os Bridgertons que foi o livro que mais me deixou emocionada ao finalizar, pois a história trás uma carga emocional muito grande até porque Francesa passa por situações que você quer pegar ela e colocar no pontinho e protegê-la do mundo. Apesar de ela ser uma Bridgertons ela se sentia um peixe fora d’agua e ela mesma sentia que ali não era o lugar dela, apesar de amar muito a sua família.  Já Michael, meus deuses, que homem viu. Ele tem ali um conflito muito grande interno pela questão de amar a Francesa, mas que manteve ali dentro de si por anos luz e que depois a morte do seu primo, ele se sente culpado por desejar a mulher que seu primo amava.
 
Então, acaba que acompanhamos a trajetória desses dois personagens tentando lidar com esses conflitos até porque Francesa acaba notando o Michael, não como seu amigo próximo, mas sim como alguém para se ter algo, onde começa a nutrir um sentimento por ele.
 
Eu só posso dizer que amei demais essa leitura, foi o livro assim que me deixou com a carga emocional muito forte ao finalizar e que é obvio favoritado.


10 comentários

  1. Sempre leio resenhas dessa série e toda essa atmosfera envolvendo grandes amores e romances (algumas vezes proibidos) acabam por despertar meu interesse em mergulhar na escrita de Julia Quinn. Os romances de época que tive oportunidade de ler sempre foram uma experiência agradável e intensa, onde parecia ter outro significado se comparado aos romances atuais. Linda coleção.

    ResponderExcluir
  2. Amo de paixão Os Bridgertons! Já li a série completa nessa edição da foto.
    Com o lançamento das edições de luxo, estou aos poucos comprando e relendo.
    E espero que nessa releitura consiga me conectar mais com Francesca, pois na primeira vez que li, não curti, justamente por ela ser mais afastado da família e quase não aparecer nos outros livros

    ResponderExcluir
  3. Lily, depois de ter visto a primeira temporada da série na Netflix, estava tão empolgada que nem comecei pelos livros... Duque e eu mexeu tanto comigo negativamente, que eu criei um preconceito danado com a Julia. Aquela história realmente me fez mal, eu forcei a barra pra terminar a série, mas não consegui, parei no penúltimo episódio da 1a temporada. Depois disso, perdi o interesse em ler os livros da série ou assistir as futuras temporadas. Difícil, aquilo realmente não funcionou pra mim. Eu já chorei antes, imagina com o conde enfeitiçado como você disse na sua resenha. Julia mexe com sentimentos e situações difíceis que transitam dentro de mim. Enfim. Cheirinhos de livro novo.

    ResponderExcluir
  4. Eu nunca li a série, mas estou acompanhando a da netflix. Tenho gostado muito. Quero que chegue logo nessa parte desse livro que você fez o post. Muito legal!

    ResponderExcluir
  5. Esse é um dos meus preferidos da série, acho linda a história desse casal e a evolução dos dois. Está entre os 3 melhores na minha opinião.

    ResponderExcluir
  6. Tem tanto tempo que eu li essa série que não lembro de muita coisa, mas gosto bastante e estou amando a série da Netflix. Eu achei que precisava ler os 2 últimos livros apenas, mas agora lendo a resenha não me recordo de ter me emocionado tanto assim com esse, e com um enredo destes, não sei como eu não ficaria haha. Estou seriamente na dúvida se eu finalizei esse, acho que fui desanimando em "Para Sir Phillip, com amor", pois li todos os outros direto. Vou dar uma chance novamente! Os livros são todos lindos e esse parece ser muito especial, não imaginava que ela passava por coisas tão tristes.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Lily!
    Parece um final sensível e uma descoberta para Francesca.
    Não li esse ainda, mas bem quero terminar a série.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  8. Ola
    Não imaginava que esse livro tive essa carga emocional tão grande .Realmente foram momentos delicados pelos os quais os dois passaram Imagino que para o Michael não foi fácil se apaixonar pela mulher do primo.Ainda não li mas pela sua resenha creio que gostarei do livro.

    ResponderExcluir
  9. Oi, Lily!
    Li todos os livros dos irmãos Bridgestons, exceto o da Francesca, sim, eu pulei o livro dela rsrs, é que não me interessei em conhecer a história dela, e confesso que a trama do livro O conde enfeitiçado não me interessou...
    Não sei se algum dia o lerei, mas no momento não pretendo.
    Bjos!

    ResponderExcluir
  10. Oi,
    Tô parada no 4 livro kkkk
    Aiii acho que vou amar esse. Parece tão emocionante.
    A Francesca sofre muito, gente.
    Mas por ela já ter passado por um casamento e tal, acho que esse terá um romance mais maduro né.
    Bjs

    ResponderExcluir