12 de agosto de 2020

Agora Eu Entendo, Pam Gonçalves

Olá Leitores, tutubom?

Pam Gonçalves uma booktuber e autora nacional bem conhecia no mundo dos leitores. Nunca tive contato com suas histórias e essa foi a primeira vez, lendo o seu conto.

Trocar as brigas pela solidão valeria a pena?


Narrado em primeira pessoa vamos conhecer a vida de Bianca. Ela é uma mulher jovem que vive no seu pequeno apartamento com sua gata Arya, conhecida mais como terrorista, do tipo destruidora. Bianca odeia o Natal. Ela simplesmente já não aguenta mais se reunir com a família porque sempre que tem uma reunião familiar em época de natal, acontece brigas e discussões na família.


 "Todo mundo sabe que se o ano termina, ele nasce outra vez e a última coisa que eu preciso é de alguém me perguntando o que eu fiz!" 


Então, Bianca preferiu ignora o natal completamente, decidindo deixa o celular no não perturbe e maratonando Harry Potter. Ao acordar ela ver que seu celular tem uma pilha de ligações e mensagens de voz que fará ela pensar nas relações familiares. Por aqui mesma paro porque qualquer coisa que eu fale seja spoiler.

 

"Nunca deixe de aproveitar o tempo que tem com quem você ama."


Agora Eu Entendo é um conto de natal bastante curto. Você ler em menos de uma hora e a leitura é muito fluida e rápida. A escrita da Pam é maravilhosa, amei conhece a escrita dela. O que posso falar dessa história e o que aprendi com ela é que se você estava com raiva de alguém por alguma besteira, não deixe que isso atrapalhe a relação porque na vida as coisas pode acabar em questão de segundos, então em épocas natalinas se esta com raiva da família por alguma briguinha besta, deixa isso de lado, esquece. O importante é você aproveita a sua família independente do que for. Aproveite cada minuto, cada segundo porque esses momentos são importantes e talvez seja a ultima vez. Então, indico bastante esse conto para você!

14 comentários

  1. Lily!
    Não li nada ainda da autora, mas já programei esse mês ler um livro dela que está aqui: Boa noite! Espero gostar.
    E concordo que não devemos ficar longe dos que amamos, mesmo que algo tenha nos chateado, porque pode acontecer alguma coisa e nunca mais vermos aquela pessoa.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  2. Ah, amei essa foto com o livro da Pah embaixo <3
    Parece que esse livro mesmo pequeno é muito emocionante e traz alguma lição né? Acho que pensei nisso por ter como período o Natal. Vamos combinar que sempre traz esse sentimento de perdão, de amor e de família.
    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Também não conheço o lado escritor da Pam. Mas pude perceber que esse conto tem uma dose realidade bem grande. Quem nunca fugiu desse tipo de encontro familiar? Ou desligou o celular??

    ResponderExcluir
  4. Eu acompanho o trabalho dessa mulher linda lá no Insta há um tempo,mas não tive ainda oportunidade de ler nenhuma de suas obras e olha que são sim,muito elogiadas!!!
    Adoro contos, amo Natal e já me senti assim, meio avessa a tudo isso.
    Hoje em dia?É minha época favorita do ano e já fiquei super curiosa para ler!!!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
  5. Olá Lily!
    Eu adoro contos, principalmente os natalinos, leio vários nessa época do ano. Ainda não tive contato com a escrita da autora mas já vi muitos elogios às suas obras. Gostei de saber que a protagonista é fã de Harry Potter! Realmente relações familiares são bem complexas, sempre rola algum desentendimento nas festas, aniversários, etc. Mas como minha mãe diz família é família, são pessoas que irão nos apoiar e acompanhar pelo resto da vida então não vale a pena guardar ressentimento. Adorei a mensagem dessa história, vou anotar para ler no natal.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Meu primeiro contato com a Pam escritora foi com o livro Boa Noite, e eu amei demais. Adorei a forma como ela escreve. Já conhecia ela do booktube né, mas ainda assim fiquei surpresa com o potencial! Todas as histórias que ela conta deixam algum ensinamento e isso é o mais importante.
    Ainda não li Agora Eu Entendo, mas adoro contos/livros com temas natalinos!

    Beijo!
    https://www.roendolivros.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi, Lily
    Apesar de acompanhar o trabalho da Pam no YouTube e instagram eu não li nenhum dos livros dela.
    Esse conto é muito interessante e que podemos refletir sobre nossas relações familiares, os amigos. O que realmente importa é estar na companhia de quem amamos, mesmo que nas reuniões familiares tenha alguma briga.
    Obrigada pela dica, beijos.

    ResponderExcluir
  8. Que capa bonita! Feliz de saber que é de uma autora nacional e ainda mais que ela é booktuber. O nome realmente não me é estranho, creio que acompanhava o blog dela há anoos atrás! Linda a lição do conto.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Olá Lily!
    Quem nunca nunca presenciou barraco de família, né? Sempre acontece nas festas, pois é IMPOSSÍVEL todo mundo se gostar (pelo menos é o que eu aprendi vendo meus parentes maternos e paternos, mas é aquele ditado, né?)
    Aqui temos um conto bem fofo que além de enaltecer essa época maravilhosa que é o Natal, nos deixa a mensagem de que a vida passa muito rápido e não devemos ficar perdendo tempo guardando rancor.
    O negócio é aproveitar o momento e focar nas partes boas das pessoas, pois sabemos muito bem que ninguém é perfeito.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Eu li tua resenha lá no insta e fiquei bem curiosa! Apesar de ter lido poucos livros com a temática natalina, eu adoro, principalmente pra ler na época. Fui procurar pra comprar e advinha? já tinha ele no kindle (desde março). kkk
    Vou deixar pra ler no final do ano, mas sem dúvidas já quero muito!
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi, Lily!
    Não conheço a escrita da Pam Gonçalves, mas eu amo contos e vou ler sim Agora Eu Entendo caso a oportunidade apareça... Mas concordo com você, pra quê guardar rancor por um motivo bobo?! Não sabemos o dia de amanhã...
    Bjos, valeu pela dica!

    ResponderExcluir
  12. Olá! Ainda não tive contato com a escrita da autora, mas esse conto parece ser daqueles a tirar uma bela lição ao final da leitura e que nos faz repensar nossas atitudes hein, além claro de me fazer chorar, ai ai, haja lencinhos.

    ResponderExcluir
  13. Oi, Lily
    Li ele alguns meses atrás e gostei muito também.
    É a primeira obra da Pam que leio e achei ótimo.
    Me fez refletir e repensar sobre a importância de aproveitarmos todo o tempo que temos com o que e com quem amamos.
    Bjs

    ResponderExcluir
  14. Não conheço a escrita da autora, mas parece ser gostosa de se ler.
    Apesar de não gostar muito de contos achei bem interessante a mensagem que a autora quis transmitir, de repensar no que é realmente importante em nossa vida.

    ResponderExcluir

Layout Free - Design e Desenvolvimento por: Adorável Design