5 de fevereiro de 2020

A Rainha Vermelha, Victoria Aveyard

Olá Meus Queridos Leitores!
Tudo bem com vocês?!
O livro estava bem empacado na estante fazia um ano e precisava desencalha, por isso que ano passado foi a minha última leitura do ano. Composto por cincos livros, traz um mundo separado pelo sangue. É isso mesmo!



O mundo mudou ao nosso redor e permanecemos os mesmos

Aqui o mundo e divido em dois, prateados e vermelhos. Os prateados são aquelas pessoas que vive em um mundo repleto de realeza e que tem poderes distinto. Já os vermelhos são as pessoas comuns que não tiveram a sorte de nascer com um dom e que são obrigados a trabalharem para a realeza e conseguir pelo menos algo para sobreviver.

"O mundo é prateado, mas também cinza. Não existem o preto e o branco."

Mare Barrow é uma jovem garota que vive com sua família em um vilarejo chamado Palafitas, em Nortas. Ela está preste a completa 18 anos e não tem nenhum trabalho, apesar de que ela sai batendo carteira para poder ajudar a sua família. Não é considerado um emprego, ao contrario de sua irmã que é uma costureira e que trabalha no palácio. Entretanto, Mare precisa encontrar uma maneira de não ir ao exército junto com seu melhor amigo, Kilorn. Ela de alguma maneira procura encontrar formas de fugir desse recrutamento encontrado um atravessador, porém o custo e muito alto, mas ela fara o possível.


"Este mundo é tão perigoso quanto belo - começa. - Quem não é útil, quem comete erros, pode ser descartado. Você pode ser descartada."

Entretanto, as coisas não saem como Mare esperava até que acaba indo para no palácio trabalhando como uma empregada.  No primeiro dia de trabalho, está acontecendo uma prova real onde as damas reais estão reunidas para mostra seus dons para conquista o coração do príncipe que logo será rei. No meio dessas apresentações ocorre um acidente envolvendo a Mare afim de que ela descobre que não só tem sangue vermelho, mas que tem poderes. O grande problema é que todos os nobres da realeza viram uma vermelha com poder. E para dar uma acalmada a situação o rei resolve dizer que ela é filha de um general falecido e que ela é uma prateada há muito tempo desaparecida.


" Uma pele vermelha atrás de uma cortina prateada que não pode jamais ser aberta. Se eu cair, se escorregar, morro. E outros morrerão por causa da minha falha."

Mare Barrow será colocada como uma nobre da realeza, considerada uma prateada. Terá que se comportar como uma. É falar como uma. Ela se envolverá no mundo totalmente diferente do seu e aprenderá a obedecer, caso contrário haverá consequências. Nesse momento ela começa a conviver com intrigas, manipulações e mentiras. E também se envolverá em um triangulo amoroso com os príncipes. Mare permanecerá as suas raízes e se juntará a uma batalha pelo direito do seu povo.

" Todos podem trair todos."

A Rainha Vermelha é um livro cheio de intrigas e manipulações em qualquer momento você pode ser enganada em um piscar de olhos. A autora conduziu uma leitura enigmática e cheio de reviravoltas. Com uma leitura fluida a autora aborda situações bastante comuns com a nossa realidade, apesar de ser uma ficção traz um pouco a nossa realidade onde podemos identificar. Foi meu primeiro contato com Victoria Aveyard e gostei bastante e bem ansiosa pelo próximo volume, que por sinal estou bem desconfiada porque como diz no próprio livro todo mundo pode trair todo mundo. Para aqueles que são adorados por fantasias e com bastante reviravoltas e que te deixe estupefatos esse sim é o livro.


6 comentários

  1. Ah como eu preciso saber dos demais livros!!!Eu só li este primeiro,mas claro que já pesquei um monte de resenhas dos demais livros.rs
    Mare é uma personagem única e para primeiro livro, ela conseguiu se sair muito bem de todas as aventuras,mas a confusão com o príncipe.
    Muita água vai rolar..rs
    Super recomendo a leitura!!!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
  2. Olá.

    Eu gosto muito dessa série, apesar de me decepcionar um pouco com ela ao longo dos livros. A primeira vez que li, adorei essa universo, mesmo parecendo ser uma mistura de X-men com outros filmes, rsrsrs.

    Beijos,
    Livros Engavetados

    ResponderExcluir
  3. Oi, Lily
    Meu livro ficou encalhado aqui por mais ou menos 2 anos e no fim do ano passado comprei os outros livros da série.
    Li em janeiro e também foi meu primeiro contato com a autora, já estou na metade do segundo vou ler um por mês para não ler todos de uma vez e ficar desesperada depois.
    Fiquei tão fascinada com a leitura que marquei muitos quotes, algumas passagens na trama, as casas dos prateados e seus poderes e cores.
    No segundo do livro tem mais emoções, espero que você goste.
    Espero gostar da série ao longo dos outros livros, beijos.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Lily
    Que bom que gostou.
    Eu achei chato, principalmente a Mare. Acho que nunca achei tão água de salsicha uma protagonista como eu acho ela. Kkkkkk
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Eu me lembro de ter lido o primeiro livro da série da rainha vermelha assim que foi lançado no Brasil e eu fiquei apaixonada com uma história que me lembrava muito uma mistura de a seleção com super poderes dos x-men mas eu acho que você vai gostar mais do segundo livro do que do primeiro

    ResponderExcluir
  6. Tentei ler ano passado e não deu muito certo... Mas depois dessa resenha eu definitivamente vou ter que lê-lo este mês.

    ResponderExcluir

Layout Free - Design e Desenvolvimento por: Adorável Design