6 de abril de 2020

Por Lugares Incríveis, Jennifer Niven


Olá Leitores!
Tudo bem com vocês?!
Primeiro quero saber se vocês estão preparados para a resenha de hoje?! Porque traz uma história comovedora que irá te toca no fundo do seu coração.

Não dizem que não existe hora melhor do que agora? Você melhor do que ninguém deveria saber que só o agora é garantido. 

Violet Markey, uma adolescente popular, que namorar com o garoto mais lindo do ensino médio e que tem uma revista online muito famosa junto com sua irmã. A sua vida era a mais perfeita até que um dia ela e sua irmã mais velha sofrem um acidente de carro e só apenas ela sobrevive. As duas eram melhores amigas e compartilhava tudo e depois de sua morte, Violet se afastou de todos. Ela já não é mais a mesma, se afastou dos seus amigos, abandonou o blog e já não consegue mais entrar em um carro.

"Aprendi que existem coisas boas no mundo, se você procurar por elas. Aprendi que nem todo mundo é uma decepção, incluindo eu mesmo, e que um salto a 383 metros de altura pode parecer mais alto que uma torre do sino se você estiver ao lado da pessoa certa."

Por outro lado, temos Theodore Finch conhecido por aberração por todos na escola. Ele sofre bullying pelos valentões da escola, estar passando por uma depressão profunda e ainda tem pensamentos suicidas. Finch faz acompanhamento por um orientador em sua escola para tentar ajuda-lo com seus problemas de humor, já que ele tem uma constante de mudança de humor e de sua personalidade.

"O Problema das pessoas é que elas esquecem que na maior parte do tempo o que importa são as pequenas coisas. Todo mundo está tão ocupado no Lugar de Esperar. Se lembrássemos que existe uma coisa chamada de torre Purina e uma vista como esta, todos seríamos mais felizes."

Ambos se conhecerem na torre de sino do colégio. O que eles têm em comum? Que os dois estavam a ponto de pula daquela torre. Ao sair dali, Violet acaba sendo uma heroína por salvar Finch. Eles frequentam as aulas de geografia e o professor resolve passar um trabalho para que os alunos andem por Indiana para conhecer lugares de sua cidade antes de ir embora para a faculdade. Finch propõe a Violet para fazer o trabalho juntos, porém ela recusa, mas sendo Finch não desisti. A partir desse momento que vamos embarca numa aventura de andanças pelos personagens e que vão marca um ao outro para sempre. 


Por Lugares Incríveis é um livro marcante. A história irá te proporcionar momentos maravilhosos e ao mesmo tempo irá partir seu coração de mil pedacinhos de todas as maneiras possíveis. Quando soube da adaptação do livro, precisa com urgência ler antes de assistir e assim foi. Li o livro dentro de duas semanas e ao finalizar fiquei dias sem conseguir ler algo porque essa história me impactou muito. A escrita da autora é muito fluida, a narrativa e alternada entre os personagens, assim temos a noção do que eles estão passando. Os personagens são maravilhosos. Finch é aquele personagem que você quer pegar e colocar no colo e dizer que tudo vai ficar bem. Ele te encanta pelo jeito dele, mas você acaba sofrendo junto com ele pelo que estar passando, e isso é muito difícil.  Dizem que as pessoas que mais machucada estar pode te entender. Violet é uma personagem encantadora. Ela estar passando por um momento de luto, onde se sente culpada pela morte de sua irmã que a faz desistir de tudo e de sua vida, mas Finch mostra a ela que no meio de toda a dor existe uma felicidade maior.
Os dois personagens são incríveis e maravilhosos. Uma leitura que indico muito, mas antes de qualquer coisa fique ciente de que esse livro contém gatilhos. Se você estar passando por um problema emocional não leia porque possa que piore a sua situação




10 comentários

  1. Em primeiro lugar eu agradeço pelo aviso dos gatilhos. Eu agradeço demais quando alguém faz isso na sua resenha!
    Eu já li este livro que uma amiga me emprestou há tempos e recentemente pude ver a adaptação. Por isso, preciso urgente reler o livro, para fazer as comparações necessárias.
    São dois jovens tão machucados, tão feridos...tão únicos que a gente pode sentir a dor ali, em cada palavra.
    O filme apesar de ter sido criticado negativamente, me agradou bastante!
    Agora só preciso ter o livro para reler com o coração mais tranquilo!!!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
  2. Oi, Lily
    Não li o livro é por isso nem vi o filme ( estou evitando a tentação de assistir, quero ler primeiro ).
    A trama mostra dois personagens que se conhecem num momento de fraqueza, pela dor, o olhar perdido, um sentimdnto de vazio. E começam a se ajudar. Deve ser uma leitura fascinante e um pouco triste, além disso gatilhos.
    Quero tanto poder ler em breve, beijos.

    ResponderExcluir
  3. Lily!
    Desde o lançamento do livro desejo fazer a leitura, embora ache um tanto triste o assunto suicídio.
    Nossa! Violet chega a salvá-lo, embora tenham pensamentos suicidas parecidos e que ambos vão se apoiar e tentar a superar seus medos e desafios interiores.
    É verdade, ninguém consegue consertar ninguém, mas podemos observar os sintomas das pessoas problemáticas e tentar ajudá-los de alguma forma profissional.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  4. Olá Lily!
    Esses foi um dos livros mais devastadores da minha vida. Eu me emocionei muito quando li pois quando comecei a ler não prestei atenção na sinopse e no que ia acontecer com Finch, então simplesmente fiquei em choque quando aconteceu. Sabe quando você olha para a capa e pensa que vai ser só uma história fofa? Foi isso o que aconteceu comigo. Eu indico muito a leitura. O filme não me agradou muito, algumas coisas essenciais ficaram de fora na minha opinião.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá Lily!
    Acho que todo mundo que começa a ler esse livro termina a leitura se sentindo diferente, tamanho o poder da escrita de Niven, que nos faz sofrer a cada segundo por esses protagonistas.
    A história, embora forte e com gatilhos, não deixa de ser comovente, retratando o suicídio de uma maneira responsável e sem romantizá-lo, como acontece em outros obras (sim, é aquela lá, nem preciso dizer o nome né kkkkk).
    Eu conferi a adaptação e confesso que fiquei extremamente desapontado. O filme é fraco, confuso e não expressa quase nada da essência do livro. Enfim, um desserviço.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. ola
    ainda não li o livro por isso naõ assisti o filme
    vejo muito elogio a essa obra
    pelo que li são dois jovens machucados um dando força para para o outro
    a autora foi responsavel mostrando os fatos ,e sabemos que esse tema é um tanto delicado que precisa de muito tato ao retrata-lo
    espero ler em breve

    ResponderExcluir
  7. Oii! Esse livro acabou comigo de diversas maneiras possíveis, pela capa achei que seria apenas mais um clichê adolescente, fui enganada. Me decepcionei muito com o a adaptação da Netflix, não retratou nem 1% da história real.

    ResponderExcluir
  8. Eu ainda não li esse livro mas adorei adaptação que a Netflix fez do filme apesar de algumas pessoas terem dito que é uma certa diferença do filme para o livro não há como negar que ficou belíssima e que ambas as obras fazem qualquer um chorar

    ResponderExcluir
  9. Oi, Lily
    Pela sua resenha me deu ainda mais vontade de lê-lo, pois deu pra ver que é uma história linda e emocionante.
    Falar sobre suicídio não é fácil, mas necessário.
    Tô enrolando pra ler o livro e assistir o filme, porque peguei spoiler e agora to beeeem pra baixo.
    Mas sei que preciso conhecer mesmo essa história.
    Bjs
    elvisgatao.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Já assisti o filme, mas o que quero mesmo é ler o livro, já que a adaptação deixa várias coisas de fora.
    Recentemente tenho visto várias resenhas sobre a obra, o que só faz aumenta ainda mais a minha vontade de ler. Espero que o enredo seja bom como todos falam.

    ResponderExcluir

Layout Free - Design e Desenvolvimento por: Adorável Design