23 de abril de 2020

Tudo e Todas as Coisas, Nicola Yoon


Olá Leitores! Tudo bem com vocês?!
Creio eu que todos já devem ter lido essa história ou ter visto sua adaptação, porém eu não tive aquela oportunidade de ler e sempre quis ler antes de ver o filme, mas agora que conseguir e é claro que vim compartilhar com vocês!


Li muito mais livros que você. Não importa quantos você já tenha lido. Eu li mais. Tive tempo para isso. 

Madeline Whittier, uma garota de dezessete anos que vive em sua casa sem poder sair ao ar livre. Ela possui uma doença rara SCID (Diagnóstico da imunodeficiência combinada severa), basicamente Madeline tem alergia ao mundo afora. A sua vida se resume a estar em casa sendo cuidada pela sua mãe e pela sua enfermeira, tendo aula online de arquitetura e as noites de jogos com sua mãe e de muitas leituras.

"A vida é difícil, querida. Todo mundo encontra um caminho."


Tudo muda na vida de Madeline quando novos vizinhos vão morar na casa ao lado. Ela avista pela janela de seu quarto toda a mudança e junto dessa família, um garoto chamado Olly. Ele sempre estar de preto e bem-humorado. Observa essa família passou a ser o passatempo de Maddy e tendo em mente que nunca ia conhecer os vizinhos, mas tudo se transformar quando Olly bate em sua porta com sua irmã segurando um bolo de bundt para se apresentar. Essa foi a pequena faísca entre os dois. Eles passaram a se comunicar pela janela com mimicas e por e-mail e o que não deveria acontecer, aconteceu.

"Pela primeira vez em muito tempo, desejo mais do que aquilo que tenho."

"Ás vezes você faz as coisas pelos motivos certos e outras pelos errados."

Maddy seguiu um caminho sem volta sem pensar nas consequências. Ela conhecia o mundo através da parede do seu quarto pela internet e ela queria mais, queria sentir o oceano, ela queria se sentir viva. Pela primeira vez em sua vida Maddy quer saber o que é viver de verdade sem se preocupar.


Tudo e Todas as Coisas é uma história maravilhosa com uma reviravolta incrível. Narrada em primeira pessoa e os capítulos são bem curtinhos e a leitura bastante fluida. Esse foi meu segundo contato com a autora e a escrita dela é maravilhosa quero ler mais livros dela. Quando resolvi iniciar essa leitura nunca imaginei o final da trama, sempre pensei que fosse algo que me destruiria que por sinal foi uma bela de reviravolta. Uma leitura que indico muito para todos.

12 comentários

  1. Oi, Lily!
    Eu sou o tipo de pessoa que só assiste ao filme depois de ler o livro, mas nesse caso acabei vendo logo a adaptação. Li um livro da Nicola e gostei bastante da escrita dela, tanto que quando esse foi lançado foi logo pra lista de desejados, mas... não li até hoje! Que bom que gostou!

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  2. Mesmo já tendo visto o filme e amado, ainda preciso ler o livro. Sempre há aquilo do livro conter mais detalhes e isso é maravilhoso!!!
    Ele está aqui na listinha de desejados(faz tempo) rs
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
  3. OLA
    Pela sua resenha deve ser um livro emocionante
    Naó conhecia essa autora e curioso é que hoje com essa pandemia e tendo que ficar em casa dá para ter uma noçao do que essa Mandy passa ainda mais por ser tão jovem
    espero realizar a leitura pois fiquei curioso sobre o relacionamento de Mandy e Olly

    ResponderExcluir
  4. A história de Maddy e Olly é maravilhosa!
    Eu fui lendo, lendo, lendo, até que acabou e eu fiquei: Sério? Como assim já acabou? Eu quero mais!
    Nunca li um romance que fosse ruim e esse não seria exceção!
    A autora é inteligentíssima, soube desenvolver a trama sem deixar brechas para os leitores deduzirem o que vem pela frente.

    ResponderExcluir
  5. Lily!
    Não li o livro e também não vi o filme, mas lembrei de um filme do início dos anos 2000, o Jimmy Bolha, a premissa é a mesma.
    Bom saber que o filme de certa forma foi fiel ao livro, importante, porque nas adaptações geralmente muita coisa muda.
    Deve ser o maior sofrimento ter de viver trancafiada dentro de casa por causa de uma doença e não conhecer muito o mundo lá fora.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  6. Olá Lily!
    Ah, eu adoro esse livro. O romance é muito fofo é o final é realmente chocante. Nem consigo imaginar estar no lugar da Maddy e nunca poder sair de casa e ver o mundo (essa quarentena está sendo um verdadeiro desafio). O filme foi uma adaptação bem fiel, e adorei o elenco também.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oi, Lily
    Sou das poucas pessoas que fazem parte dos 2 times, das que não leram e wue também não viu o filme.
    Tenho muita vontade de ler o livro, está na minha lista de desejos. Estou acompanhando o preço, mas parece que o livro está em falta nas lojas online.
    Gosto de ler e depois ver a adaptação, se vejo a adaptação primeiro é porque não sabia que tinha livro ou se o livro está com preço salgado, kkkk.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá Lily!
    Assim que vi o trailer do filme, lá em 2017, fiz questão de colocá-lo na minha lista de leitura. E não é que a história de Yoon surpreendeu?
    Com romance equilibrado e um bom background dos protagonistas, o livro faz com que o leitor crie rapidamente empatia por Maddy, sendo totalmente compreensíveis os anseios de uma jovem por liberdade.
    E realmente a reviravolta é TUDO. Eu não esperava e fiquei muito impactado, o que elevou ainda mais a experiência.
    A adaptação é bastante fiel e eu particularmente gostei bastante.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Esse livro é simplesmente tudo pra mim nossa. Amo.

    ResponderExcluir
  10. Eu particularmente acho o livro incrível e uma das poucas obras literárias que me agradaram na sua versão com capa do filme Até porque a capa original era um pouco ruim Zinha e me passar a impressão de que era um livro para colorir. Mas eu gostei muito da reviravolta no final mostrando se a mãe na verdade só era super controladora

    ResponderExcluir
  11. Oi, Lily
    A história da Maddy parece ser sensível, bonita e cheia emoção.
    Imagino ela e o Olly querendo fazer coisas normais de amigos/casais e não poderem. Muito complicado.
    Assim que der lerei.
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Ainda não li o livro, mas já tive a oportunidade de assistir a sua adaptação. Gostei muito do filme, mesmo ele sendo uma história leve e de certa forma clichê.
    Espero conseguir ler o livro, porém não sei quando irei conseguir fazer isso :(

    ResponderExcluir

Layout Free - Design e Desenvolvimento por: Adorável Design