15 de março de 2019

Filme: Fragmentado

Olá meus queridos leitores!
Tudo bem com vocês? Comigo tudo de boinha, aqui na esperança de terminar o meu curso! Kkkk
Mas hoje trago a vocês uma resenha do segundo filme Corpo Fechado, ou seja é um segundo filme mas trazendo uma outra história, de um outro personagem. Então só me acompanhe! 

Imagem relacionada
Kevin (James McAvoy) possui 23 personalidades distintas e consegue alterná-las quimicamente em seu organismo apenas com a força do pensamento. Um dia, ele sequestra três adolescentes que encontra em um estacionamento. Vivendo em cativeiro, elas passam a conhecer as diferentes facetas de Kevin e precisam encontrar algum meio de escapar.


Fragmentado traz na trama a história de Kevin, um cara que tem sérios problemas mentais, quando digo mentais, realmente é mentais. Ele tem um transtorno de personalidade, onde obtém 23 pessoas em um corpo só. Que loucura né!

Ele acaba sequestrando três garotas é uma delas, Casey Cook uma garota bem retraída e inteligente que por sinal, ele passa a ser sua preferida. Aos decorre da trama conheceremos bem as quatros pessoas que aparece frequentemente no corpo de Kevin, Dennis um cara frio e sequestrado que tem uma mania de limpeza, Patrícia uma mulher autoritária e bem religiosa, Barry um especialista em moda e o pequeno Hedwing um garotinho de apenas 9 anos.  Apesar de ser uma personalidade bem diferente todos acreditam que estar para chegar uma besta que irá devora todos aqueles que são impuros.

Imagem relacionada

Há flashback de Casey, que teve um passado bem conturbador. Ela terá que aprender a enfrentar seus próprios medos, principalmente enfrentando a besta que foi o ótimo desfecho e podemos entender o que realmente a fez ser crescer assim e temos a  Drª Karen Fletcher uma terapeuta que traz um estudo sobre a relação de TDI (Transtorno Dissociativo de Identidade) e por isso faz sessões com Kevin, na realidade com umas de suas personalidade, Barry e ela não imaginava que ele iria além disso tudo e que dessas 23 personalidade, há uma 24 que segundo Hedwing é conhecido por " A Besta".



O filme tem uma trama muito conturbadora e bem intrigante que faz você ficar desconfortável com tudo que esta acontecendo com as meninas e ainda fica naquela situação sem saber qual personalidade o cara ira aparecer. Ainda sim deixa aquele filme bem empolgante e deixando no ar  aquele gosto de uma continuação.

3 comentários

  1. Lily!
    Quando fazia faculdade de psicologia, lemos um livro chamado Sybill e a garota tinha árias personalidades, assim como Kevin nesse filme, mas nenhuma era tão maluca quanto o próprio Kevin.
    Lembra que falei da trilogia de Corpo Fechado? Pois é, esse é um dos filmes da trilogia.
    Gostei de assistir, mas fiquei aterrorizada com as facetas do Kevin, embora tenha sido bem interpretado.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  2. Esse filme parece muito bizarro, mas foge do meu estilo de filme, o que costumo ver... Por isso dei um perdido nele. Mas é bem interessante isso das personalidades e do tanto que o ator vai fazendo na trama por isso. Se fosse ver seria mais pra conferir a atuação dele, nem tanto pela trama em si porque não chamou muita atenção mesmo.

    ResponderExcluir
  3. Oi, Lily!
    Vixe, que trama angustiante, ser sequestrada por uma pessoa com transtornos metais que possui 24 personalidades... tramas desse tipo me angustiam e pertubam, e por esse motivo eu evito assistir, por isso dificilmente eu assistiria Fragmentado... Bjos!

    ResponderExcluir

Layout Free - Design e Desenvolvimento por: Adorável Design